Posts Tagged ‘Lance Henriksen

24
Set
09

Dying God (2008)

The hunt begins

The hunt begins

Ok, o filme é fraquito ou talvez menos conseguido, salvando-se apenas a interpretação do The One and Only Lance Henriksen. Temos um cop corrupto, que gosta de ir às gajas, viciado em tudo o que é porcaria, que terá pela frente um caso ímpar. Tem de resolver os misteriosos assassinios cometidos por um extraterreste, ou melhor dizendo um Deus Sul Americano, de seu nome Kurupi ( e eu a pensar que lhe poderiam por um nome com Jess Francostein). Kurupi, como qualquer homem que se preze, quer ter descendência, para levar o puto a ver a bola e ir com ele às gajas. Mas sendo ele muito parecido com aquela coisa nojenta que nos é apresentado na 4ª entrega do pack alien, é dificil ao rapaz arranjar uma garina para mandar umas cambalhotas. Eis então que decide começar a procurar por uma mulher da vida, que o ajude a conseguir o seu objectivo. Para ver antes de se acabar o stock de filmes de Michael Bay que tem em seu domicilio. De Fabrice Lambot, com Luciana Aguirre, Samuel Arena, Louis Ballester, Agathe de La Boulaye, Iván Espeche, Hugo Halbrich, Lance Henriksen, James Horan, Brad Krupsaw, Enrique Liporace, Victoria Maurette, Misty Mundae, Pablo Padilla, Kevin Schiele, Mariana Seligmann, Maxime Seugé e Nicolás Silvert.

Ai meu Deus. Estou velho demais para estas merdas.

Ai meu Deus. Estou velho demais para estas merdas.

Nem com Glenfiddich 1937 isto marcha


Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios
22
Set
09

Dark Reel (2008)

Based on rare crime scene footage of the (unpublicized) 1958 murder of Actress Scarlett May. A supernatural Horror/Mystery based on actual events.

Based on rare crime scene footage of the (unpublicized) 1958 murder of Actress Scarlett May. A supernatural Horror/Mystery based on actual events.

Mais um filme com o monstro sagrado Lance Henriksen. Devem estar a pensar onde nós conseguimos todo este tipo de informação. É claro que Mario Augusto é amigo cá da malta e de vez em quando manda uns presentes como este aqui para o pessoal. A verdade é que nós compramos DVD piratas ali ao coxo do Rossio, que vende atrás da barraca das bifanas ou será que nós mandamos vir de sites obscuros da Internet? Descubram. Bem , falando de Dark Reel, é mais filme do género de slasher movie daqueles que estamos habituados, com mais voltas do que um moinho de café. Mas aquele filme Gnome Killer 2, a sério, até que estava a gostar daquilo. Bem isto foi feito por Josh Eisenstadt, com Lance Henriksen, Daniel Wisler, Edward Furlong, Tiffany Shepis, Rena Riffel, Tate Hanyok, Alexandra Holden, Mercedes McNab, Brooke Lyons, Matt Bushell, Emmanuel Xuereb, Jake Grace, Kate Orsini, Whit Hertford e Rouhi Savoji.

Lance, meu amor. Por ti até perco a cabeça

Lance, meu amor. Por ti até perco a cabeça

Mais vale ver o programa do Goucha


Reblog this post [with Zemanta]
21
Set
09

Mind Ripper aka The Outpost aka The Hills Have Eyes 3 (1995)

The Government Created Him. Now They Must Destroy Him.

The Government Created Him. Now They Must Destroy Him.

Pelo titulo, ou melhor, titulos do filme já se deve estar a formar uma imagem do que por aqui se passa. Lance Henriksen é a estrela da companhia, num filme que aborda a criação do soldado perfeito, utilizando corpos sem vida e vírus de reanimação. (Será que esta gente nao ouviu falar de Resident Evil nem de Universal Soldier, estas experiências dão sempre para o torto e quase toda a gente se lixa.) Mas como sempre, é um prazer assistir a mais um filme onde Lance, ao seu nível, mostra o porquê na nossa escolha este mês. De Joe Gayton, com Lance Henriksen, Claire Stansfield, John Diehl, Natasha Gregson Wagner, Gregory Sporleder, Giovanni Ribisi, Dan Blom, Adam Solomon, John Apicella e Peter Shepherd.

Ora vê, trivela de Quaresma para um passe de letra de Nuno Gomes para a cabeça de Liedson. Mas será que o Queiroz não percebe como se faz??

Ora vê, trivela de Quaresma para um passe de letra de Nuno Gomes para a cabeça de Liedson. Mas será que o Queiroz não percebe como se faz??

Mais vale ver o programa do Goucha


Reblog this post [with Zemanta]
19
Set
09

The Terminator (1984)

In the Year of Darkness, 2029, the rulers of this planet devised the ultimate plan. They would reshape the Future by changing the Past. The plan required something that felt no pity. No pain. No fear. Something unstoppable. They created 'THE TERMINATOR'

In the Year of Darkness, 2029, the rulers of this planet devised the ultimate plan. They would reshape the Future by changing the Past. The plan required something that felt no pity. No pain. No fear. Something unstoppable. They created 'THE TERMINATOR'

Ok, eu sei que vocês todos já viram o filme que lançou o Sr. Governador da Califórnia como SuperStar de Hollywood. Arnold Schwarzenegger é o Terminator, ou melhor é o T-800, uma máquina assassina, com pele de cordeiro (esta ficou mal, quem olha para o Arnie pode ver tudo menos um cordeiro), que tem como missão aniquilar a Srª Sarah Connor. Ora também é enviado Kyle Reese, que será o pai do futuro líder da resistência humana, na luta contra as máquinas. O mais engraçado disto tudo é que o filho vai nascer antes do pai e melhor ainda, como se viu na ultima entrega de Terminator, o filho terá de salvar o pai, que ainda é um adolescente. Sobreviveram a ginástica Mental? Rezam as lendas que Cameron teve um sonho em que via uma figura de metal, com a cara de, preparados, Lance Henriksen, envolto em chamas. O argumento do filme foi vendido à esposa de Cameron na altura por um dólar. Mas, sem sombra de dúvidas que lançou as bases para todo um tipo de filmes com ciborgues, androides e outros oides. De James Cameron, com Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Michael Biehn, Paul Winfield, Lance Henriksen, Bess Mota, Bill Paxton, Brian Thompson, Franco Columbu e Earl Boen.

Foi aquele gajo que acabou com o caldo verde no restaurante. Já vais ver o que é bom para a tosse?

Foi aquele gajo que acabou com o caldo verde no restaurante. Já vais ver o que é bom para a tosse?

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
19
Set
09

Aliens (1986)

This time there's more.

This time there's more.

É sempre complicado fazer sequelas. Quando em 1979, Ridley Scott fez Alien, ninguém esperava que uma sequela de um filme de terror passado no espaço, conseguisse chegar aos calcanhares ou até superar a 1ª entrega. Este foi um desses casos. Com u margumento muito sólido e utilizando bastantes meios, Cameron embarca numa aventura em o terror passa para um plano secundário para dar lugar a acção. Vemos que a frágil Ripley transforma-se numa auténtica maquina de matar, ao enfrentar hordas de aliens e até a própria Rainha-Mãe. A título pessoal, o meu preferido é a 3ª entrega, mas foi aqui que descobri e me apaixonei pelo monstro mais apavorante do espaço. De James Cameron, com Sigourney Weaver, Carrie Henn, Michael Biehn, Lance Henriksen, Paul Reiser, Bill Paxton, William Hope, Jenette Goldstein, Al Matthews, Mark Rolston, Ricco Ross, Colette Hiller, Daniel Kash, Cynthia Dale Scott e Tip Tipping.

P.S.: para aqueles mais desatentos, reparem que nos dois filmes da sessão dupla, para além de terem o James Cameron e o Lance Henriksen, Existe outra coisa em comum. Michael Biehn e Bill Paxton entram também em ambos, sendo que o Michael têm um papel principal em ambos e o Bill é sempre afiambrado. é que les andaram todos no Jardim-Escola juntos. A minha pergunta é: Onde está o Lance, o Michael e o Bill no Titanic???

Olha mãe, sou um Lego Gigante

Olha mãe, sou um Lego Gigante

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
19
Set
09

Nova Categoria: Sessão Dupla

Bad to the Bone

Bad to the Bone

Boas, caros leitores.  Aqui estou de volta, após umas curtas férias, em que participei, após um convite pessoal de Chuck Norris, no filme M.I.A. 512 – Braddock em Angola, que retrata os acontecimentos de 22 de Fevereiro de 2002, em que Braddock, com um roundhouse Kick, finalmente livra o mundo de Jonas Sabimbi. Eu entrei numa cena do bar, a mamar viskis. Ora, falando agora da nova categoria que queremos lançar, a Sessão Dupla, vai fazer recordar-nos que alguns clássicos que por aí andam esquecidos, sendo que a temática terá sempre um tema em comum. Esperamos que seja mais um motivo para vocês nos continuarem a visitar. Hoje iremos lançar um clássicos a ganhar pó na nossa memória colectiva. The Terminator e Aliens foram filmes que fizeram sucesso no seu tempo e que ainda hoje lembramos com saudade. O que tem em comum? Ora os dois foram realizados por James Cameron e tem Lance Henriksen perdido lá no meio.

Será que vocês os dois me conseguem explicar porque é que não me escolhem para Monstro Sagrado? Talvez porque ainda não fizeste nenhuma purga que eles gostem.

Será que vocês os dois me conseguem explicar porque é que não me escolhem para Monstro Sagrado? Talvez porque ainda não fizeste nenhuma purga que eles gostem.

Reblog this post [with Zemanta]
13
Set
09

Millennium (1996-1999)

millennium - season 1

Aqui o povo que habita a redacção do SHV já foi criticado de ver coisas que nem o mais psicopata da TV se lembrava de ver. Se nós o fazemos é para brindarmos os nossos estimados leitores com pérolas que muitos nem sabiam que existiam. Desde já agradeçemos a vossa lealdade e esperamos ir de encontro às vossas expectativas. Assim sendo, e como faz hoje 10 anos que a Lua saiu da órbita da Terra, trazemos agora uma série que passou tão despercebida pela RTP, que muitos juram que nem passou. Eu garanto que sim, porque acompanhei a série aos domingos à noite. Criada pelo mesmo gajo que criou os Ficheiros Secretos, Chris Carter, Millennium vai no mesmo ambiente, uma vez que aqui, temos um agente, não da C.I.A., não A.T.F., mas sim do F.B.I. (cá para mim o Carter já os deve ter tido à perna, ou então o sonho dele quando era criança era ser do F.B.I.). Aqui, o agente de serviço, como não poderia deixar de ser, pelo mês em que estamos, é Lance Henriksen (porque se não fosse ele, talvez nós nem falassemos da série). Lance é Frank Black (que nome para agente, heim, até mete respeito “Chico Negro”, que classe), um agente com treino e poderes de profiler (são aquelas pessoas que conseguem ver como os crimes foram cometidos olhando para os cadáveres). Verdade seja dita que na altura, toda a malta andava mais de olho na série Profiler, que por acaso passava na TVI, e Millennium foi deixada um pouco ao abandono, embora tenha ganho alguns premios tanto a nível de serie como a nível de actor. Se possível recomendo o seu visionamento, principalmente para os amantes das séries com um argumento sólido.

Epá, cada vez que vejo o anuncio da mini sagres apetece-me sempre uns camarões do eusébio

Epá, cada vez que vejo o anúncio da mini sagres apetece-me sempre uns camarões do eusébio

Rapte a filha do projeccionista para arranjar uma cópia pirata


Reblog this post [with Zemanta]



Setembro 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Useful Links