Posts Tagged ‘John C. McGinley

01
Ago
09

Monstros Sagrados de Férias com a Redacção do SHV

Uma vez que é Agosto, e muitos emigrantes regressam a Portugal, os Monstros Sagrados também foram de férias este mês, juntamente com a redacção do SHV para a paradisiaca ilha do Hammerhead.

Os monstros sagrados a curtir a noite no resort

Os monstros sagrados a curtir a noite no resort

Pelo meio, tivemos uma surpresa agradável, encontrámos Arnold Schwarzenegger, que tinha tirado uns dias de férias da não governação da California. Convidamos o rapaz para malhar uns copos com a malta mas ele não sei lá muito bem e o Sven acabou por ter que o ir por a casa.

Arnold, anda lá deixa as raparigas em paz, ainda lixas o esquema ao Bruce.

Arnold, anda lá deixa as raparigas em paz, ainda lixas o esquema ao Bruce.

Descobrimos também que todos eles são fãs de surf, bem todos menos o Sven, que disse que preferiu ficar no bungalow a tratar da sua dieta de frango com cerveja.

Os monstros foram à praia e aproveitaram para praticar surf

Os monstros foram à praia e aproveitaram para praticar surf

A especialidade culinária do Sven - Frango com cerveja

A especialidade culinária do Sven - Frango com cerveja

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios
25
Jul
09

Point Break (1991)

100% Pure Adrenaline.

100% Pure Adrenaline.

Um filme que reúne Gary Busey, John C. McGinley, Patrick Swayze loiro, Lori Petty e Keanu Reeves não pode ser um purga qualquer. Point Break tem de ser épico, muito para além do que qualquer Bay ou Spielberg pode aspirar. Até que se podia desconfiar que Kathryn Bigelow não teria mãos para segurar estes monstros todos no ecrã, mas a rapariga faz mais do que isso. A adrenalina junta-se a um típico policial, para nos apresentar um filme que é sem sombra de dúvida essencial em qualquer DVDteca que se preze. Johnny Utah é um récem formado agente do F.B.I., que se junta a Angelo Pappas, para descobrirem quem são os ex-presidentes, um grupo de assaltantes, que rouba bancos. O sexto sentido de Pappas diz-lhe que este gangue, está misturado com as tribos do surf. Utah infiltra-se nestas tribos e é aqui que trava amizade com Bodhi. A partir daqui começa as ondas de adrenalina até então nunca vistas. Recomendado.

Ei Clinton, junta-te a nós. Precisamos de ti para engatar as garinas.

Ei Clinton, junta-te a nós. Precisamos de ti para engatar as garinas.

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
18
Jun
09

Identity (2003)

The secret lies within.

The secret lies within.

Este é um filme que divide opiniões. Ou é uma obra genial ou apenas mais uma imitação barata. No meu ponto de vista é sem sombra de duvidas uma obra prima. Baseia-se em um condenado a cadeira eléctrica e ao mesmo tempo as desventuras de dez pessoas num motel isolado por uma chuva torrencial. Não vou falar no argumento para não tirar a surpresa que irão sentir ao apreciar o filme, mas garanto-vos que é sem sombra de duvida um filme de génio, com grandes actores a todos os niveis e filmado por um bom realizador. Com John Cusack, Ray Liotta, Amanda Peet, John Hawkes, Alfred Molina, Clea DuVall, William Lee Scott, Jake Busey, Rebecca de Mornay e o nosso monstro sagrado John C. McGinley, sob a batuta de James Mangold. Recomendado.

A seguir podes me coçar o escroto, é que também tenho comichão

A seguir podes me coçar o escroto, é que também tenho comichão

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
10
Jun
09

On Deadly Ground (1994)

His battle to save the Alaskan wilderness and protect its people can only be won...

His battle to save the Alaskan wilderness and protect its people can only be won...

Este deve ser um filme que deve fazer parte de toda e qualquer colecção de filmes. E não é por ter o Michael Caine. É que um filme com Steven Seagal, com Sven-Ole Thorsen e John C. McGinley é uma obra prima. E o Sven dura mais de metade do filme e até fala. Jesus, milagre. De resto, é um argumento banal. Seagal é um especialista em parar derrames de petróleo, mas também uma arma mortífera. Michael Caine é o mau da fita, que constrói uma estação petrolífra que mais parece o castelo do Skeletor. De resto, preparem-se para tiros, bombas e socos nas trombas, num arraial de enfardamento ao melhor nível de Steven Seagal. De e com Steven Seagal, Joan Chen, Billy Bob Thornton, R. Lee Ermey, Nils Allen Stewart, Bart the Bear, Mike Starr e Chic Daniel.

Olha Sven, este era o gajo que dizia que eu nunca iria ser monstro sagrado.

Olha Sven, este era o gajo que dizia que eu nunca iria ser monstro sagrado.

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
04
Jun
09

Office Space (1999)

office_space

Já esperaram duas horas no trânsito a caminho do trabalho? Já tiveram um chefe que vos chateia o juízo todos os dias de hora em hora? Alimentam um desejo secreto de espancar material de escritório enquanto ouvem o rap mais gangsta do bairro? Então Office Space é para vocês. Esta comédia genial de Mike Judge, apresenta-nos a Initech, uma empresa de software cheia de cubículos onde programadores vivem, por entre chávenas de café e óculos com lentes garrafais. Mas também há Peter Gibbons (Ron Livingston), um descontente engenheiro informático, farto da vida louca que o desenvolvimento de software lhe proporciona; Michael Bolton (David Herman), um programador que serve de catalisador ao argumento e que odeia o nome e Samir (Ajay Naidu) o estereotipado programador indiano/paquistanês. Estes três renegados vão revoltar-se contra a Initech, e o seu arrogante patrão Bill Lumbergh (Gary Cole), pouco tempo depois deste trazer consultores externos à empresa de forma a perceber o que é necessário para aumentar a eficiência, criando o pânico entre os subordinados que se vêm forçados a fazer uma espécie de entrevista de emprego para manter o emprego. Um destes consultores é o monstro sagrado John C. McGinley em mais um grande papel, o que por si só deverá ser razão suficiente para ver o filme. Office Space é uma espécie de pet project de Mike Judge baseado no seu personagem Milton, que aqui é encarnado por Stephen Root, e que deu em filme de culto sem ganhar dinheiro. Também vale a pena referir a presença de Jennifer Aniston como empregada de mesa, que aqui veio dar uma ajudinha num intervalo do Friends.

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
01
Jun
09

Monstro Sagrado: John C. McGinley

John C. McGinley

E o monstro sagrado deste mês é John Christopher McGinley. Nascido a 3 de Agosto de 1959, filho da professora Patricia e do corrector de bolsa Gerald McGinley, Johnny ” The Butcher” C. é bastante conhecido dos olhos do publico que costuma assistir a séries de bata branca. Ele é Dr. Perry Cox em Scrubs.

Fez de tudo um pouco, trabalhando tanto em peças da Broadway, bem como até caddy do famoso jogador de golfe Arnold Palmer no U.S. Open.

Utilizado bastante como actor secundário, Johnny começou a dar nas vistas, numa peça teatral ao lado de John Turturro, onde foi convidado a efectuar um casting e ser aceite para o papel de Sarge Red O´Neill no Platoon de Oliver Stone, seguindo-se um papel em Wall Street e em Talking Radio, também de Stone.

Já na decada de 90, entrou em Point Break, Article 99, Wagon´s East!, Se7en, The Rock, Nothing to Lose, Office Space, Are We Done Yet e em Wild Hogs como cop gay.

Venceu um prémio no Method Fest, pela interpretação no filme Two Tickets to Paradise em 2006 e foi nomeado em 2002, no Television Critics Association Awards e em 2003 no Satellite Awards pelo seu desempenho em Scrubs.

Emprestou a sua voz a série de banda desenhada Justice League Unlimited e ao jogo da PSP Dead Head Fred. Participou no American Gladiator.

Casou em 1997 com Laurent Lambert e teve um filho que nasceu com sindrome de Down. Divorciou-se em 2001 e voltou a casar com a sua instrutora de Yoga, Nicole. Eleito pai do mês de Outubro de 2002, pela iParenting.com, desde 2006 que é o porta-voz da fundação do Sindrôme de Down e Possui um lugar cativo no Billy Gilroy´s New York SoHo Bistro´s (tipo casa das bifanas lá do sitio) a par de Willem Dafoe. É vizinho, em Malibu de, entre outros, John Cusack, Tony Danza, Chris Chelios, Laird Hamilton, Gabrielle Reece e John McEnroe.

Reblog this post [with Zemanta]



Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Useful Links