Posts Tagged ‘Jean-Claude Van Damme

08
Fev
10

Universal Soldier (1992)

The ultimate weapons of the future have just declared war... on each other.

PESSOAL DA REDACÇÃO DO SHV EM DOMINGO DE CAÇA

Após umas curtas férias, em que tivemos de andar a trabalhar nas obras para enviar um correspondente para a Meca do cinema, voltamos pela porta grande. E logo a rebentar com um filme que reúne três grandes estrelas da arte da porrada. Jean-Claude Van Damme, Dolph Lundgren e Ralph Moeller no mesmo filme é demasiado. Começamos em plena guerra do Nam, onde vemos um soldado a ficar horrorizado com os crimes que o seu sargento está a cometer. É que naquela altura, fazer colares de orelhas de chinaman não estava em voga. Ora como se matam um ao outro, o U.S. Army declara-os M.I.A. ou seja desaparecidos em combate. Anos mais tarde, reaparecem como uma nova força especial que se dedica a combater terrorismo. Mas falar para quê? Arte visual é o que nos espera nesta fita de acção Non Stop. De Roland Emmerich, ainda com as presenças de Ally Walker, Ed O´Ross, Tico Wells, Simon Rhee e Eric Norris.

Primeiro CGI utilizado na História do cinema. Universal Soldier revolucionou

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios
04
Dez
09

Demolition Man (1993)

The future isn't big enough for the both of them.

O filme mais explosivo da ultima década. Dois animais da 7ª arte enfrentam-se num confronto mortal. Mas caso não saibam era para ser originalmente Steven Seagal no papel interpretado por Sylvester Stallone e Jean-Claude Van Damme para o papel de Wesley Snipes. Que filme brutal não daria. Mas o problema foi que Van Damme queria o lugar de Seagal e Seagal não quis fazer de vilão. Foram ambos afastados do projecto e foi feito um convite a Jackie Chan para o papel de vilão, que também recusou. Falando da obra, provavelmente o momento mais interessante do livro não aparece na fita, no momento em que Stallone encontra a filha a viver nos esgotos, protegida por um fantástico Denis Leary. De resto, o argumento baseia-se num policia de nome John Spartan (Stallone), que defende a lei a base de balas e de punhos. Do outro lado temos um criminoso brutal, de seu nome Simon Phoenix (Snipes) que espalha o terror por onde passa. Ao ser capturado no início do filme, Phoenix faz com que Spartan fique culpado da morte dos viajantes de um autocarro, provocando que Spartan seja condenado e posteriormente congelado criogénicamente. Passados 36 anos, Phoenix consegue libertar-se da prisão e começa a espalhar o terror novamente pela cidade. É então decidido libertar Spartan para capturar o maníaco. Sandra Bullock entra no filme devido a Lorry Petty ter recusado o papel dias antes do início das filmagens. Jesse Ventura e Rob Schneider também dão um ar da sua graça. É de realçar as pequenas piadas  referencias que vão surgindo no filme, desde a biblioteca presidencial Schwarzenegger, as referencias a filmes como 2001, Scarface, Rambo, Star Trek, Star Wars e a referencia a Jackie Chan. De Marco Brambilla, com Sylvester Stallone, Wesley Snipes, Sandra Bullock, Nigel Hawthorne, Benjamin Bratt, Bob Gunton, Glenn Shadix, Denis Leary, Grand L. Bush, Pat Skipper, Steve Kahan, Paul Bollen, Mark Colson, Andre Gregory e John Enos III.

Ouve lá, isto pode ser o futuro. Mas andar ai vestido numa mistura de papa com sofá é que não pode ser

Arranje um emprego como vendedor de pipocas para ver o filme no cinema

P.S. ; Cá vai mais uma malha para curtirem

Reblog this post [with Zemanta]
20
Nov
09

Cyborg aka Masters of the Universe 2: Cyborg (1989)

He's the First Hero of the 21st Century...And He's Our Only Hope.

AKA: VAN DAMME PARA GANHAR GUITO FAZ DE TUDO. ATÉ SE PREGA EM ÁRVORES

Artes Marciais, Cyborgues, Ficção Científica, Jean-Claude Van Damme. Parece impossível mas este é o cocktail explosivo apresentado pelo filme Cyborg de 1989. Albert Pyun lança em ecrã, Van Damme como Gibson Rickenbacker, um lutador clandestino de rua, que irá travar uma luta titánica contra os The Pirates, um grupo de sádicos fora-da-lei, chefiados por Fender Tremolo. A acção decorre por toda a costa este dos E.U.A, num futuro pós-apocáliptico. Com o selo de qualidade Cannon Group, provocou a fuga em massa de críticos das salas de cinema. Posteriormente tornou-se um autêntico objecto de culto. Se alguns de vocês se perguntam porque o filme tem também o titulo de Masters of the Univers, é derivado a que nos cenários onde foi realizado, estavam destinados a serem o set de Masters of the Universe, o filme do He-man, e também serem o de uma produção basada no Homem-Aranha, obras que eram para serem dirigidas por Pyun, mas derivado ao desinteresse por parte da Mattel e da Marvel e em virtude da Cannon querer recuperar o guito investido, Pyun escreve em cima do joelho um argumento a que dá o título deste filme. Só para verem a originalidade, os artistas recebem nomes de instrumentos musicais. Salta também a relevo que Michel Qissi é o preparador físico de Van Damme para esta masterpiece e a presença de Ralf Moeller no meio da gangue de vilões. De Albert Pyun, com Jean-Claude Van Damme, Deborah Richter, Vincent Klyn, Alex Daniels, Dayle Haddon, Blaise Loong, Ralf Moeller, Haley Peterson, Terrie Batson, Jackson ‘Rock’ Pinckney, Janice Graser, Robert Pentz, Sharon K. Tew, Chuck Allen e Stefanos Miltsakakis.

Em primeiro plano, Chibanga, vencedor do 1º grande torneio de Bandarilheiros de Vale de Prazeres

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
19
Nov
09

Double Team (1997)

He's a one-man arsenal... with enough voltage to rock the free world.

AKA: O PRIMEIRO FILME COM UM VERDADEIRO ALIEN

Aqui na redacção existe uma paixão pelos filmes daqueles super-estrelas dos anos 80 e 90. Reis do Box Office dos Video Clubes, estas estrelas povoam para sempre a nossa imaginação. Jean Claude Van Damme é por todos reconhecido como uma dessas estrelas cintilantes. Nesta entrega de 1997, Van Damme foi buscar um realizador a Hong Kong, especialista em dar efeitos espectaculares aos filmes que dirige. A Tsui Hark foi então dada a oportunidade de tentar revitalizar a carreira de Van Damme. Se conseguiu ou não, as opiniões divergem. Van Damme é Jack Quinn, um especialista em anti-terrorismo que tem como difícil tarefa caçar um não menos talentoso Mickey Rourke, de seu nome na masterpiece Stavros. Double Team conta ainda com a presença dessa coisa chamada Dennis Rodman, que largou as bolas de Basquetebol e tentou fazer um papel na 7ª arte. O Argumento é basico. Bófia tenta caçar mau, falha, é preso, foge da prisa, pede ajuda a vendedor de armas ilegal enquanto o mau captura a mulher grávida do bófia. O confronto final entre estes dois antagonistas é ao mais alto nível, tentando homenagear os gladiadores romanos. De salientar que este não é o coliseu de roma, mas sim o Anfiteatro de Arles, situado no Sul de França. Vencedor de Três Golden Raspberry´s, em virtude da participação do Rodman ( venceu na categoria de actor secundário, nova estrela e com pior dupla ao lado de Van Damme), poderemos dizer que foi um começo daqueles que merece destaque. De Tsui Hark, com Jean-Claude Van Damme, Dennis Rodman, Mickey Rourke, Paul Freeman, Natacha Lindinger, Valeria Cavalli, Jay Benedict, Joëlle Devaux-Vullion, Bruno Bilotta, Mario Opinato, Grant Russell, William Dunn, Asher Tzarfati, Rob Dieme Ken Samuels.

"Já te disseram que vestes como uma prostituta masculina" " Ao contrário de ti, que vestes como um vagabundo"

Mais vale ver o programa do Goucha


Reblog this post [with Zemanta]
14
Maio
09

Until Death (2007)

until_death_jean_claude_van_damme_dvd__large_

They put him in a coma, now he’s going to put them out of their misery.

Mais uma bomba de Jean-Claude Van Damme. Until Death é mais tiros, bombas e socos nas trombas. Van Damme é um cop borrachola, viciado em cocaína e em sexo, o ex-companheiro tornou-se o maior drug dealer lá de New Orleans. como podem verificar, um cocktail destes só poderia significar um filme a altura deste senhor. E perguntam vocês: Mas como é com tantos defeitos ele se safa? Facil, levando um tiro que quase lhe rebenta os miolos. Acreditem, que é a solução para todos os males. O nosso rapaz fica em coma, durante algum tempo. Depois recupera e começa a caça ao seu ex-colega de crachá. É um delírio, o espectáculo da acção este rapaz. De Simom Fellows, com Selina Giles, Mark Dymond, William Ash, Stephen Lord, Wes Robinson e Stephen Rea.

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
11
Maio
09

In Hell (2003)

wrjpzs_in_hell

Rage unleashed.

Para aqueles que estão a pensar que foi neste filme que Jean-Claude Van Damme decide ir arrear no Diabo, esqueçam. In Hell Passa-se numa prisão Russa. Van Damme é um engenheiro Americansky, que está a ajudar a modernização da metalurgia russa. (papel importante, não acham? Daqui a pouco é presidente dos States) Entretanto, um ladrão assalta-lhe a casa e mata a mulher do Van. Num julgamento onde os Rublos falam mais alto, o ladrão é ilibado, e Van, ao mais alto estilo red neck texano, faz justiça, enchendo o lombo do ladrão de chumbo. Assim ele vai conhecer a realidade de uma prisão russa (não se compara as turcas). Aqui Van Damme começa a ser saco de pancada para os capangas da máfia russa. Após levar na tromba umas 7 ou 15 vezes, eis que ao mais puro estilo que ele nos habituou, começa a treinar e a combater, em lutas combinadas pelo director da choça. Como vêem, um filme de Van Damme ao seu nível. De Ringo Lam, com Lawrence Taylor, Lloyd Battista, Carlos Gómez e Manol Manolov. A ver se não tiver mais nada que fazer.

Mais vale ver o programa do Goucha


Reblog this post [with Zemanta]
17
Abr
09

JCVD (2008)

jcvd-le-film

Provavelmente o filme de uma vida. Se esta a espera de ver um filme de pancadaria à bruta, esqueça. Talvez seja a descida a terra de um actor que teve tudo e viu tudo ir por água abaixo. É necessário saber dar valor ao que temos, mas mais importante é saber quando realmente perdemos o que nos era mais importante. O monólogo de Jean-Claude Van Damme é a prova que os músculos de Bruxelas são mais do que isso. Quem pensar que vai ver mais filme de Van Damme ao seu estilo, irá ter uma surpresa. Van Damme mostra-nos uma faceta humana nunca antes vista, a mostrar que sim, é uma estrela das telas, mas acima de tudo é um ser humano. Para descobrir um Van Damme diferente. Recomendado.

uwe-boll-thumbs-up1

Reblog this post [with Zemanta]



Setembro 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Useful Links