Posts Tagged ‘Bloodsport

07
Abr
09

Lionheart (1990)

025192038822

Honour or revenge, he has no choice…

Quando vi Lionheart (á copia que eu visionei no grande ecrã, trazia o titulo original de A.W.O.L. – Absent With Out Leave) fiquei surpreendido com a evolução de Jean Claude Van Damme tinha tido. De referir que nesta altura ainda não tinha assistido as Masterpieces que eram Bloodsport e Kickboxer. Têm um argumento muito sólido, embora lamechas, derivado a que tenta arrancar lágrimas até ao mais duro dos duros. Com Van Damme ao mais alto nível (pena que depois tentou repetir o tipo de herói aqui retratado, mas já sem tanto sucesso), assume a pele de Lion Gaultier, devido a ser de nacionalidade francesa e ter confessado um crime de tráfico de drogas para safar seu irmão, torna-se um membro da legião estrangeira a cumprir a sua pena no desert heat, partindo pedra para se entreter. A história é simples, seu irmão continua a traficar droga até tentar entrar para o recorde do guiness como o primeiro barbecue humano. Não sobrevive. Então Lion, ao receber a notícia, deixa as férias de sonho no heat, foge, passa um tempo a alimentar caldeiras num steam boat para pagar a viagem e depois ao chegar a Big Apple, ganha uns trocos (literalmente) a arrear nos tipos que lhe fazem frente, em combates de rua, organizados por Joshua (Harrison Page) bem como por Cynthia (Debora Rennard). Ao procurar a cunhada e sobrinha, estas rejeitam-no e ele vê-se obrigado a arranjar um esquema para ajudar a sua família. Como já tinha avisado, é um filme lamechas mas com cenas de encher o olho a nível de combates. Sob a direcção de Sheldon Lettich, vemos também Lisa Pelikan, Brian Johnson, Ashley Johnson, Michel Qissi e Eric Karson. Aconselhado para amantes do tipo de filme.

Arranje um emprego como vendedor de pipocas para ver o filme no cinema


Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios
01
Abr
09

Monstro Sagrado: Michel Qissi

tong-po1

E o mostro sagrado deste mês é Michel Qissi mais conhecido como o némesis de JCVD em Kickboxer, Tong Po. Actor de dupla nacionalidade (marroquina e belga), com 189 cm de altura, nascido em 12 de Setembro 1967 em Oujda, pouco tempo depois muda-se com a sua família para a Bélgica. Aos sete anos já treinava boxe. É então que conhece e cria amizade com Jean Claude Van Varenberg (troquem o Varenberg por Damme e já sabem de quem falamos), com nove anos. Embora desconhecido na Europa, Michel é um actor que participou em todos os filmes que foram êxitos do Mr. Músculos de Bruxelas e em quase todos os grandes êxitos de filmes de artes marciais das ultimas duas décadas e trabalhou ao lado dos melhores artistas do género.

Nos filmes de Van Damme, fez sempre papéis secundários, como em Bloodsport e em Lionheart (a.k.a. A.W.O.L. – Absent With Out Leave). O seu salto para a fama deu-se com Kickboxer, onde interpreta o seu alter-ego Tong Po, uma figura tão odiada como o Darth Vader. Tudo isto se deveu, a que em 1982, Van Damme e Michel Qissi foram para Hollywood tentar a sua sorte nos filmes de acção. A sorte sorri-lhes em 1986. Após uma entrevista com Menahem Golan da Cannon Pictures conseguem o triplo contracto. Mas em Cyborg, Qissi não faz a sua aparição no grande ecrã, ficando relegado só para personal trainer de Van Damme. Após isto, fez mais uma sequela de Kickboxer, onde sem dúvida ele era sempre a estrela como Tong Po. Participou em mais alguns filmes do género, embora se tenha dedicado a ser encenador de cenas de luta e ultimamente tem-nos presenteado com alguns filmes do género como realizador, tais como Terminator Woman e Extreme Force.

Fundou também a WCCF (World Cinema Combat Federation) com o grão-mestre Beom Jhoo Lee para ensinar as pessoas como devem fazer as cenas de combate nos filmes. A WCCF faz a instrução de mestres que ensinam combate de cinema a artistas de artes marciais que estejam interessados em serem estrelas de filmes de acção. Durante este mês iremos expor algumas das suas obras aqui a nú. Nós aqui na redacção temos um poster autografado por ele e ele é nosso amigo pessoal (quando vem a Portugal, vêm sempre beber uma jola e papar uns tremoços com a malta, e gosta de ir ao Estádio da Luz de tal maneira que já tirou fotos com os jogadores todos, depois de ter ameaçado que se não lhe deixassem tirar as fotos, punha-se a joelhada aos pilares do estádio). Um abraço para ti, Michel, és o maior.

Reblog this post [with Zemanta]
31
Mar
09

The Quest (1996)

403px-the_quest

Go the distance

The Quest é um filme enigmático. O argumento é horrível, as coreografias de luta são as melhores que eu já vi até hoje. Ora, começamos num café, onde uns rapazes que estavam a precisar de uns trocos ensaiam um assalto. Este é evitado por um velhinho. (Jean Claude Van Damme, tal e qual como está hoje mas com mais cabelo branco). O dono do café oferece uma recompensa ao velhote e pede-lhe que lhe conte onde aprendeu a lutar. Eis então que vemos no principio do século um Van Damme que é palhaço de rua/vagabundo/chefe de uma quadrilha de garotos de rua. Ora ao fugir a polícia, o nosso herói refugia-se num barco que vai para o oriente, barco este que é assaltado por piratas, que raptam o Van Damme e que o vendem como escravo na Ilha do Muai Thai. (ilha que deve ser a mesma da serie Lost e de onde foi criado desde bebé Tong Po). Ora, como o Christopher Dubois (Van Damme) têm olho para a coisa, aprende esta arte só vendo os outros treinar. Após alguns anos, os piratas que venderam Van Damme ao povo da ilha, encontram o Dubois já um lutador feito. É então que este pede a Lorde Edgar Dobbs (Roger Moore) e a Harry Smythe (Jack McGee), que o comprem de novo aquele povo e que o ajudem a participar no concurso do lutador supremo, onde o premio é um Dragão enorme de ouro. É aqui que aparece Maxie Devine (James Remar) U.S. Champ de boxe, que ao primeiro pontapé de Van Damme na fuça, perde o título e a jornalista Carrie Newton (Janet Gunn). Neste campeonato participam os melhores de cada país (Portugal era para ser representado pelo líder dos forcados amadores de Boxinos, mas devido a uma colhida não pode ir), e é aqui que começa o espectáculo. Só para terem alguma noção, as lutas parecem ballet, derivado a que foram coreografadas por Frank Dux (o mesmo de Bloodsport). Um Épico imperdível.

Arranje um emprego como vendedor de pipocas para ver o filme no cinema


Reblog this post [with Zemanta]
15
Mar
09

Bloodsport (1988)

bloodsport1

Este é o filme que lançou Jean Claude Van Damme na ribalta e o transformou num dos ícones do cinema de ação. Baseado numa história real, Van Damme é Frank Dux, um soldado norte-americano transformado numa autentica arma letal. Para cumprir um desejo de criança e para honrar seu Sensei, Dux embarca numa aventura que o irá levar até Hong Kong e ao perigoso e mortal Kumité. Aqui, numa prova de virilidade e de teste para saber quem é o guerreiro supremo, Dux dá mostras de todas as suas capacidades como lutador. A coreografia de luta foi toda montada pelo verdadeiro Frank Dux. Este é um filme essencial a todos os amantes de Artes Marciais. Com a presença de Donald Gibb, Bolo Yeung, Philip Chan, Forest Whitaker e Michel Qissi, Bloodsport, pela mão de Newt Arnold é o filme supremo sobre torneios de artes marciais. A não perder na estante dos filmes de acção.

Rapte a filha do projeccionista para arranjar uma cópia pirata



Reblog this post [with Zemanta]



Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Useful Links