Posts Tagged ‘Arnold Schwarzenegger

19
Set
09

The Terminator (1984)

In the Year of Darkness, 2029, the rulers of this planet devised the ultimate plan. They would reshape the Future by changing the Past. The plan required something that felt no pity. No pain. No fear. Something unstoppable. They created 'THE TERMINATOR'

In the Year of Darkness, 2029, the rulers of this planet devised the ultimate plan. They would reshape the Future by changing the Past. The plan required something that felt no pity. No pain. No fear. Something unstoppable. They created 'THE TERMINATOR'

Ok, eu sei que vocês todos já viram o filme que lançou o Sr. Governador da Califórnia como SuperStar de Hollywood. Arnold Schwarzenegger é o Terminator, ou melhor é o T-800, uma máquina assassina, com pele de cordeiro (esta ficou mal, quem olha para o Arnie pode ver tudo menos um cordeiro), que tem como missão aniquilar a Srª Sarah Connor. Ora também é enviado Kyle Reese, que será o pai do futuro líder da resistência humana, na luta contra as máquinas. O mais engraçado disto tudo é que o filho vai nascer antes do pai e melhor ainda, como se viu na ultima entrega de Terminator, o filho terá de salvar o pai, que ainda é um adolescente. Sobreviveram a ginástica Mental? Rezam as lendas que Cameron teve um sonho em que via uma figura de metal, com a cara de, preparados, Lance Henriksen, envolto em chamas. O argumento do filme foi vendido à esposa de Cameron na altura por um dólar. Mas, sem sombra de dúvidas que lançou as bases para todo um tipo de filmes com ciborgues, androides e outros oides. De James Cameron, com Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Michael Biehn, Paul Winfield, Lance Henriksen, Bess Mota, Bill Paxton, Brian Thompson, Franco Columbu e Earl Boen.

Foi aquele gajo que acabou com o caldo verde no restaurante. Já vais ver o que é bom para a tosse?

Foi aquele gajo que acabou com o caldo verde no restaurante. Já vais ver o que é bom para a tosse?

uwe-boll-thumbs-up

Reblog this post [with Zemanta]
01
Set
09

Monstro Sagrado: Lance Henriksen

lanceh

(Charles) Lance James Henriksen é o nosso monstro sagrado do mês de Setembro. Nascido a 5 de Maio de 1940, em Manhattan, filho de um marinheiro mercantil e boxeaur e de uma professora de dança, empregada de mesa e modelo. Com os pais divorciados quando ele tinha apenas dois anos, viveu a infância com sua mãe. Sendo uma criança problemática, teve vários problemas na escola, da qual fugiu com apenas 12 anos. Só aprendeu a ler, cerca dos 30 anos, praticando sozinho ao ler guiões de filmes. Passou a adolescencia a vaguear nas ruas de Nova Iorque e viajando pelo país de comboio. Passou algum tempo na prisão por pequenos crimes, tais como vagabundo. Foi durante este tempo, que ele conheceu os amigos de toda a vida, James Cameron e Bruce Kenselaar.

O primeiro contacto deste monstro com os palcos foi como designer de palcos. Aos trinta anos, Lance acabou o curso no famoso Actor´s Studio. O seu primeiro papel foi no filme Ain´t That Easy de 1972. Foi secundário em filmes como Close Encounters of The Third Kind de 1977 e em Damiem: Omen II de 1978. Participou em The Right Stuff de 1983 e fez de Charles Bronson no filme para TV Reason for Living: The Jill Ireland Story.

Quando James Cameron estava a escrever o filme The Terminator de 1984, o papel principal era para ser de Lance. Cameron chegou ao ponto de pintar o Exterminador com a cara de Lance e obrigou o actor a vestir como Exterminador para uma reunião com a produtora. Para infelicidade de Lance o papel foi cair no colo de Arnold Schwarzenegger. Lance chegou a aparecer no filme, mas num pequeno papel como o detective Hal Vucovich. Também o papel de Jeepers Creepers foi escrito tendo Lance em mente, e ainda a série Millennium de Chris Carter, criador de X-Files, onde Lance encarnou Frank Black que lhe valeu o sucesso nos Globos de Ouro.

Provavelmente o papel de onde toda a gente o reconhece é o do Andróide Bishop, no filme de Cameron, Aliens. Curiosamente Lance Henriksen e Bill Paxton são os únicos actores que conseguiram participar nos filmes das sagas Alien, Predator and Terminator.

Hard Target é um dos filmes preferidos de  Henriksen. Ele gostou de trabalhar com John Woo e o filme também foi notável com a cena de Henriksen envolvido acidentalmente em chamas e sem recurso a chamas. Henriksen depois comentou sobre este incidente, dizendo: Eu competia com Van Damme.

Hoje em dia Lance é uma das estrelas dos estúdios The Asylum, juntamente com C. Thomas Howell e Lorenzo Lamas, aparecendo frequentemente nos mockbusters e instant classics que a produtora vai lançando. Para além de filmes, Lance participa em alguns jogos de vídeo, como actor de voz, sendo um dos últimos Mass Effect da Bioware.

Reblog this post [with Zemanta]
27
Ago
09

The Rundown (2003)

cut to the chase september 26

cut to the chase september 26

Mais uma entrega com um wrestler. Dwayne ” The Rock” Johnson é o figurão do filme. Aspirante a ser uma espécie de Casey Ryback, mas sem a pinta do mesmo. The Rock é um aspirante a chefe da Alta Cozinha, mas para conseguir o seu sonho têm de andar a fazer trabalhos um tanto ou quanto sujos para um chefe da máfia. É então que é enviado para a Selva amazónica em busca do filho do tal gansta e descobre que o vilarejo também esta povoado por um manfio, em tons mais pequenos que busca incessantemente um tesouro, que por acaso o manfios son sabe onde está. Cheio de cenas de encher o olho (de lágrimas), The Rundown tornou-se um êxito de bilheteira. De Peter Berg, com Dwayne Johnson, Seann William Scott, Rosario Dawson, Christopher Walken, Ewen Bremner, Jon Gries, William Lucking, Ernie Reyes Jr., Stuart F. Wilson, Dennis Keiffer, Garrett Warren, Toby Holguin, Paul S. Power, Stephen Bishop, Chuck Norman e os cameos de Arnold Schwarzenegger e Sven-Ole Thorsen

Espera ai um pouco que já te trato da dor de dentes

Espera ai um pouco que já te trato da dor de dentes

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
13
Ago
09

Terminator Salvation (2009)

The End Begins

The End Begins

Os meus receios poderão se concretizar? Istao não quer dizer que Terminator Salvation em si não seja um grande filme. Por acaso até é, mas começar de novo um franchise que tinha sido destruido com a ultima entrega de Jonathan Mostow e o seu Rise of the Machines é sempre complicado. Não esperava mais nenhum terminator no grande ecrã e foi com algum receio que me dirigi ao templo para assistir a isto. Os meus receios é que Terminator Salvation dé asas a realização de mais obras focadas na mais perfeita maquina de matar. Embora aqui se efectue de forma contrária, espero que esta saga não desemboque numa nova trilogia à la Star Wars. (eu sou fã da saga S.W., mas continuo a defender que George Lucas deveria ter feito os episódios 7, 8 e 9 da saga e não os três primeiros, em virtude de todos os fãs já saberem o que dali iria sair). Em termos de filme, Terminator Salvation faz com que um simples, porem magnifíco actor como Christian Bale, fique subjugado a duas das mais importantes figuras do cinema, John Connor e Bruce Wayne (provavelmente também ele será Stephen Strange, na nova adaptação de Dr. Strange). John, vive subjugado pelas máquinas e tenta aqui conhecer e salvar seu pai, um adolescente chamado Kyle Reese. Kyle foi capturado por Skynet e têm como triste sina a destruição pelas Machines. Eis então que surge a figura icónica de Marcus Wright, um humano mais maquina que outra coisa que irá ajudar John a salvar seu pai. O que mais me agradou a mim e a muitos dos fãs foi a presença em carne do verdadeiro (ou digital) Terminator em carne e exoesqueleto. Arnold Schwarzenegger apareçe em cameo para dar aos fãs talvez a prova de que este filme não iria desacambar num filme sem nexo, dando ritmo a producão dos T800 modelo 101 e como todos os fãs o sabem, só Arnie é este modelo. Adorei a cena da cicatriz no focinho de Connor, em virtude de que a primeira imagem que possuimos dele e mesmo com essa “scar” na tromba, já no original de 1984. McG atrás das câmaras e para além de Bale, conte com a presença de Sam Worthington, Moon Bloodgood, Helena Bonham Carter, Anton Yelchin, Jadagrace, Bryce Dallas Howard, Commom, Jane Alexander e Michael Ironside.

"Mais que raio de Bat-Arma é esta?". Ei Bale, isto é o Terminator e não o Batman

"Mais que raio de Bat-Arma é esta?". Ei Bale, isto é o Terminator e não o Batman

Rapte a filha do projeccionista para arranjar uma cópia pirata


Reblog this post [with Zemanta]
01
Ago
09

Monstros Sagrados de Férias com a Redacção do SHV

Uma vez que é Agosto, e muitos emigrantes regressam a Portugal, os Monstros Sagrados também foram de férias este mês, juntamente com a redacção do SHV para a paradisiaca ilha do Hammerhead.

Os monstros sagrados a curtir a noite no resort

Os monstros sagrados a curtir a noite no resort

Pelo meio, tivemos uma surpresa agradável, encontrámos Arnold Schwarzenegger, que tinha tirado uns dias de férias da não governação da California. Convidamos o rapaz para malhar uns copos com a malta mas ele não sei lá muito bem e o Sven acabou por ter que o ir por a casa.

Arnold, anda lá deixa as raparigas em paz, ainda lixas o esquema ao Bruce.

Arnold, anda lá deixa as raparigas em paz, ainda lixas o esquema ao Bruce.

Descobrimos também que todos eles são fãs de surf, bem todos menos o Sven, que disse que preferiu ficar no bungalow a tratar da sua dieta de frango com cerveja.

Os monstros foram à praia e aproveitaram para praticar surf

Os monstros foram à praia e aproveitaram para praticar surf

A especialidade culinária do Sven - Frango com cerveja

A especialidade culinária do Sven - Frango com cerveja

Reblog this post [with Zemanta]
03
Jul
09

Scavenger Hunt (1979)

Winner takes all

Winner takes all

Este filme não é para ser levado a sério. O seu propósito é o simples entretenimento. Scavenger Hunt trata de uma caça a uma fortuna, procurando por artigos que não têm nexo nenhum e por pessoas um tanto ou quanto peculiares. Temos a irmã, com o filho idiota, o advogado, os sobrinhos, o cunhado com os filhos todos, a criadagem e até o motorista de táxi que fez perder ao sócio do falecido parte da fortuna. Estão aqui reunidos os ingredientes necessários para nos arrancar algumas gargalhadas. De Michael Schultz, com Richard Benjamin, James Coco, Scatman Crothers, Ruth Gordon, Cleavon Little, Roddy McDowall, Richard Mulligan, Tony Randall, Dirk Benedict Richard Masur e a special guest star de Arnold Schwarzenegger.

Quantos cientistas são precisos para mudar uma lâmpada? Nenhum, eles ligam para a EDP

Quantos cientistas são precisos para mudar uma lâmpada? Nenhum, eles ligam para a EDP

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
21
Mar
09

Raw Deal (1986)

400px-raw_deal

The government gave him a raw deal. Nobody gives him a raw deal

Já imaginaram Arnold Schwarzenegger de cabelo penteado para trás, dentro de um descapotávelcarregado de armas até aos dentes, a ouvir uma cassete com o I Can´t Get No Satisfaction dos Rolling Stones, a afiambrar mais mafiosos do que aqueles que encontramos na trilogia do Padrinho. Não. Pois então é por que ainda não viram o filme Raw Deal. Logo para abrir o apetite assistimos como se faz uma emboscada a um ganster que queria abrir o pio, mas que acaba com o mesmo e 3/4 da massa cinzenta agarrada a um espelho, logo de seguida, sem termos tempo de respirar assistimos a um cop de mota a ser perseguido por um Arnie furioso de jipe. E dizem vocês, ” vai gozar outro “. Pois é, filme repleto de clichés, de um bom argumento e da presença fisica do Mr. Universe, Raw Deal deslumbra pelas cenas de acção. Conta nas suas fileiras com a presença de Sam Wanamaker, Paul Shenar, Steven Hill, Robert Davi e o sempre querido Sven-Ole Thorsen. Isto é cinema, que pode encontrar na prateleira da acção.

Arranje um emprego como vendedor de pipocas para ver o filme no cinema


Reblog this post [with Zemanta]



Julho 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Useful Links