05
Ago
09

Road House (1989)

The dancing's over. Now it gets dirty.

The dancing's over. Now it gets dirty.

Um dos grandes filmes dos 80. Patrick Swayze é Dalton, licenciado em filosofia e que trabalha como gorila de bar. É contratado para “limpar” um bar, em Jesper, a boa maneira dos gorilas, ou seja, a base de pancada. Ora, todas as inovações, revoluções e paixões que Dalton provoca enfurecem Brad Wesley, um mafioso a escala minúscula, mas que traz completamente a cidade no bolso. Dalton após presenciar todos os maleficioas que Brad e seus capangas provocam entra em rota de colisão com o mesmo. Road House foi um filme que tentou levar Patrick Swayze para o altar dos ícones da acção. Tendo, na tela, a profissão que tinha, é vê-lo a praticar taekondo no filme da mesma forma como nós malhamos minis numa esplanada numa calorosa tarde de verão. De Rowdy Herrington, com Kelly Lynch, Sam Elliot, Ben Gazzara, Marshall R. Teague, Julie Michaels, Keith David, Ed deFusco e Joe Unger.

Ok, eu danço o tango. Mas onde tá a rosa?

Ok, eu danço o tango. Mas onde tá a rosa?

Arranje um emprego como vendedor de pipocas para ver o filme no cinema


Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

0 Responses to “Road House (1989)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Useful Links


%d bloggers like this: