10
Jul
09

Shark Swarm (2008)

sswarmb

Este filme tem o selo de qualidade da série Maneater do SyFy (o canal mudou de nome) e portanto sabemos à partida que pessoas vão ser comidas de maneiras espetaculares por criaturas horríveis, neste caso, tubarões. Mas não são tubarões normais, são tubarões que enfardaram umas litradas de fósforo, cortesia da empresa poluidora de Hamilton Lux (o grande Armand Assante), que visa com a poluição matar os peixes todos de uma zona pesqueira no Norte da California, forçando os habitantes locais a vender os seus negócios, para construir condomínios de luxo (os argumentistas inspiraram-se claramente ali no resort de Tróia). Para liderar a revolta numa barcaça pequena, os habitantes não têm Francisco Louçã, mas têm um casal que não quer vender a sua loja de pesca, nem desistir da actividade constituído por John Schneider e uma versão assim a tender já para o XL de Daryl Hannah. Quem faz uma aparição por aqui também é F. Murray Abraham, possivelmente para usufruir dos serviços de catering durante os dias de rodagem. Há ainda John Enos III, o capanga de Armand Assante, que usa quantidades obscenas de gel no cabelo para ganhar a pinta necessária para competir com seu chefe (não tens hipótese contra o Armand) e que tem uma namorada assustadoramente lunática. Os mais atentos reconhecerão também Frank Sivero, em mais um papel onde o seu personagem se chama Frankie (começo a pensar que é uma obrigatoriedade presente no contrato dele). Os tubarões, as verdadeiras estrelas do filme, andam em grandes grupos fazendo lembrar um grupo de Tie Fighters a voar. Um nota final para aquilo que eu vejo como uma espécie de sub-plot no filme: uma miuda chamada Heather (Darcy Rose Byrnes) que tem medo da água, sempre que alguém a obriga a nadar, e são várias as pessoas que o vão fazer ao longo dos 160 minutos deste épico, vê toda a gente ser morta pelos tubarões. Já estou a imaginar um Shark Swarm 2: Child of Blood ou qualquer coisa assim do género, onde esta miuda tem 20 e poucos anos e continua a ser perseguida por tubarões. Fico à espera.

Armand, cheira-me que o teu nome tá aqui dentro do envelope dos Razzies.

Armand, cheira-me que o teu nome tá aqui dentro do envelope dos Razzies.

Mais vale ver o programa do Goucha

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

0 Responses to “Shark Swarm (2008)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Useful Links


%d bloggers like this: