01
Jul
09

Monstro Sagrado: Bruce Campbell

bruce_campbell_army_of_darkness

Bruce Campbell é o rei dos actores série B. Ninguém é mais conhecido do que ele, o que é de certa forma paradoxal, uma vez que a maioria destes actores fazem a carreira toda sem serem sequer mencionados ou terem fãs, coisas que Bruce tem de sobra. Começou a carreira com Sam Raimi, fazendo uma curta metragem extremamente amadora, chamada Within the Woods, que serviu de base a Evil Dead, o mega sucesso de Raimi feito com um orçamento pequenino. Nesta saga, Bruce faz o papel que o marcará para sempre, Ash, o homem que corta a própria mão para não se tornar num morto vivo. As duas sequelas de Evil Dead, um filme de terror, acabam por ser cada vez mais hilariantes até ao ponto de já serem consideradas comédias. Ainda nos anos 80, Bruce entrou em clássicos como Maniac Cop e Moontrap. É a cara da fuga de Liam Neeson em Darkman, e faz inúmeros papéis secundários em filmes bem conhecidos, como a saga Spider Man, pela amizade que tem com Sam Raimi, ou em filmes como Congo, Escape From L.A., The Quick and the Dead (mais uma vez Raimi), e a inesquecível cena do actor de telenovela em Fargo.

Para além destas participações menores continua a entrar em filmes de baixo orçamento, mantendo o estatudo do Rei da Série B. Participações em filmes do SciFi como Alien Apocalypse ou Man With the Screaming Brain, realizando até alguns, nunca deixando de arrancar uns filmes do anonimato e torná-los em culto como Bubba Ho-Tep. Na TV participou em diversas séries, mais notoriamente em Hercules e Xena, e hoje em dia pode ser visto na excelente série da USA Network, Burn Notice, como Sam Axe, um espião reformado que vive em Miami, repartindo o tempo entre a praia, os copos e as mulheres.

Bruce Campbell tem também diversas aparições em nome próprio, como em Comic Book: The Movie, onde é escolhido para dar corpo ao super herói Captain Courage na ComiCon em San Diego, e pode gabar-se de ser dos poucos actores que têm direito a ter um filme dedicado a ele próprio, interpretado e realizado pelo próprio Bruce: My Name Is Bruce, do qual já falámos aqui no SHV.

Para provar que é mesmo um homem para todos os ofícios, Bruce escreveu uma autobiografia intitulada If Chins Could Kill: Confessions of a B Movie Actor e mais recentemente publicou também Make Love! The Bruce Campbell Way.

Vale a pena ver esta entrevista abaixo, onde Bruce fala sobre a indústria do cinema, orçamentos e filmes série B. Se até aqui não acreditaram que Bruce é um monstro sagrado, depois desta entrevista vão acreditar.

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

0 Responses to “Monstro Sagrado: Bruce Campbell”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Useful Links


%d bloggers like this: