21
Abr
09

Killer Crocodile (1989)

killer-crocodileEste acho que é o primeiro filme no Ocidente a explorar o terror dos pântanos, o crocodio (já tinham sido feito alguns antes na Tailândia acho eu), e é fantástico. A história é simples: uma mão cheio de ambientalistas viaja para Sto Domingo, numa barcaça chamada Dios Es Amor, para proteger o pântano local das descargas ilegais de resíduos tóxicos que mais tarde descobrem ser também radioactivos. A nossa estrela é portanto um produto da radioactividade, tema em voga no rescaldo dos acidentes de Three Mile Island e Chernobyl (a Troma capitalizou bastante com isso, foi a época de Toxic Avenger e Class of Nuke’Em High por exemplo). E que estrela este nosso réptil é. Bicho inteligentíssimo, atira com tudo o que mexe para a água. Se é humano e berra é garantido que vai cair a água mais cedo ou mais tarde. Interessante como a escolha de Fabrizio de Angelis recaiu em matar tudo na água e não alguns em terra, até porque ao contrário dos tubarões os crocodilos podem andar e matar em terra. De notar ainda que foi nesta obra prima que vi uma das mais espetaculares cenas de sempre no cinema, onde um caçador de crocodilos chamado Joe (Ennio Girolane, aqui como Thomas Moore), depois de descarregar a arma no coiro da besta, salta-lhe para cima com um arpão como se de uma prancha se tratasse, e não tem quaisquer dificuldades em manter-se erecto, ao contrário do que acontece nos barcos, de onde ao mínimo toque toda a gente cai. Como se não bastasse o raio do homem mantém-se em cima do crocodilo a espetar o arpão no lombo do animal enquanto este calmamente segue a sua vida e começa a descer lentamente para as profundezas do pântano como se nada fosse com ele. Só visto! De resto o elenco é composto por Richard Anthony Crenna, Ann Douglas, Sherrie Rose, Bill Worhman, Van Johnson e o nosso descendente de dinossauro a diesel, com um motor de 2cv apenas a julgar pela velocidade estonteante que atinge, e pelas chamas que deita quando explode (ou isso ou estava com gases).

Vale a pena deixar de ver a bola e a caneca da cerveja a aquecer para ver isto


Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

0 Responses to “Killer Crocodile (1989)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Abril 2009
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Useful Links


%d bloggers like this: